29 de dezembro de 2015

[Resenha] Johnny Bleas: Um Novo Mundo, J.G. Brene.

Ooi gente, como estão? Espero que bem. Hoje a resenha é do livro do nosso parceiro J.G. Brene, Johnny Bleas: Um Novo Mundo. 


Título: "Johnny Bleas: Um Novo Mundo" 
Coleção: Johnny Bleas
Autor: J.G. Brene
Editora: Pandorga
Páginas: 216
Gênero: Ficção Medieval
Lançamento: 2015
Edição: 
ISBN: 9788584420230





NOTA: 5/5


Booktrailer:

Sinopse:

"Órfão de pai e mãe, Johnny Bleas, tem uma vida confortável com seus tios, os Case, em uma fazenda no interior do estado. Até que ao acordar certa manhã e depara-se com a horrível cena de assassinato dentro de sua própria casa, a sincronia da sua vida se desfez e seu mundo começa a girar em meio a inesperadas desventuras. O triste som da morte abre as portas para algo que Johnny nunca poderia imaginar. Com o descuido de um passo em falso, ele é levado a uma nova dimensão, um novo mundo onde gnomos, castelos e piratas são apenas o começo. Um lugar mágico em que os enigmas do seu passado são revelados, onde o oculto que por tanto tempo dormiu, renasce e o assassino é descoberto em uma trama muito maior do que o esperado. Asterium, é o novo mundo, onde cada uma das peças do quebra cabeça se reconstitui, à medida que antigas peças se encaixam, novos mistérios nascem a partir de uma profecia que lhe defronta com o medo e a coragem de encarar um novo destino." 

Johnny Bleas: Um Novo Mundo é o primeiro livro de uma trilogia promissora, onde somos introduzidos em um mundo fantástico e cheio de surpresas.

O livro conta a história de Johnny, um menino que mora com seus tios, Marta e o Sr. Case, em uma grande fazenda. Nos primeiros momentos conhecemos um pouco sobre a infância do rapaz, até chegar ao presente, onde ele se encontra com 16 anos.

Em uma noite fatídica ele encontra sua tia Marta morta na cozinha de casa, e é então que as coisas começam a mudar. Johnny é atraído por um garoto para dentro da floresta nos arredores da fazenda, entrando numa gruta ele acidentalmente cai em um profundo buraco e estranhamente... Continua caindo por muito tempo, quando a queda finalmente cessa, ele olha ao redor e fica surpreso ao ver tudo, pois certamente não se encontra mais na fazenda. 

Desde o chão feito de tijolos beges, até as edificações de arquitetura clássica e antiquada, e também o modo como as pessoas se vestem, alguns até de armadura e portando espadas. Johnny, naturalmente, se sente completamente perdido naquele lugar estranho.

Ele reencontra então o garoto que o fez cair e se põe atrás dele, até que vai parar perto à um castelo grandioso. O garoto espera por Johnny e é então que ele percebe que não se trata de um garoto, pois tem aparência de alguém mais velho e até... Orelhas pontudas?!

Johnny pensa estar delirando, mas nada se compara a descobrir que ali onde ele foi parar é uma nova dimensão, chamada Asterium e que ele se encontra na capital Forhcore. Após conhecer a rainha, ele tem sua vida mudada para sempre ao descobrir que tem um irmão gêmeo chamado Kourem e que os dois estão ligados ao destino de Asterium através de uma antiga profecia... Kourem tem planos malignos para o lugar e só Johnny pode salvar aquele mundo.

Após essas grandes descobertas, Johnny passa a entender melhor aquela nova dimensão, e ali, aos 16 anos, todos escolhem uma profissão, como alquimista, paladino, magos... Johnny escolhe ser o que parece a profissão mais impossível... Ele escolhe ser um kromus.

"-Certa vez, li sobre uma profissão de homens que eram sábios como os magos e poderosos como os paladinos. Tinham ótimas perícias de encantamento também." - Sr. Yougen

Só havia um problema, os kromus eram muito raros e não se via um há muito tempo. Johnny sem perder as esperanças e com a ajuda de amigos, parte em busca do kromus. Em uma reviravolta, Filay, o kromus, é quem acha Johnny e aceita ensinar-lhe a profissão.

"- Eu sou Filay Krapef Volterin, kromus da ordem de Anikan. E eu lhe pergunto, Johnny Bleas. Você realmente quer se tornar um kromus?" 
Depois de dias e dias em treinamento, Johnny volta a sua missão, deter os planos de seu irmão, mas acaba tendo um encontro com o maligno necromante Zarbuk e descobrindo um inimigo inesperado.  

Mesmo com todas as dificuldades, Johnny não desiste de impedir a destruição de Asterium, mesmo que no caminho perca amigos, ou até mesmo morra, o que está em jogo é muito maior que ele. Mas com seus poderes crescendo e ganhando aliados poderosos, Johnny está confiante na sua jornada. 

Opinião da leitora:

Bem, Johnny Bleas me agradou muito. É um livro que contém uma carga emocional muito grande. Quando conhecemos a rainha e descobrimos por tudo que ela passou, vemos que é uma pessoa extremamente forte e guerreira. Johnny é um menino ainda, mas isso não o impede de ser altruísta e corajoso. Na minha opinião ele aceitou as coisas rápido demais, com uma calma além da conta. Eu no lugar dele ficaria em choque pelo menos um mês. 

A história é uma ficção medieval/fantástica bem desenvolvida, você não se perde no meio do caminho com aquele pensamento de "Opa, o que é isso?", o autor soube explicar cada passo da história. Adorei as classes, as raças, os lugares, me lembrou muito os jogos de RPG que talvez eu seja viciada. Alguns aspectos do cenário fizeram eu imaginar uma pitada de steampunk na história... Sério, o livro só melhora e melhora e melhora...

Algumas coisas me lembraram outras histórias como Harry Potter e Alice no País das Maravilhas, será que o autor é fã? Adorei! 

A escrita é leve, a leitura flui de uma maneira que quando você percebe já acabou. A maior parte do enredo foca em Johnny se adaptando àquele mundo e aprendendo a nova profissão, mas com capítulos intercalados de seu irmão Kourem, o autor faz com que esse encontro seja ainda mais esperado. 

O livro em si é lindo, desde a capa, até as folhas, os inícios de capítulo e os MAPAS! Sim, o livro contém mapas lindos de Asterium.

Johnny Bleas: Um Novo Mundo com certeza ainda vai conquistar muitos corações, com sua leveza, fantasia e muitas emoções. Mal posso esperar para ler o segundo! 

O segundo livro da trilogia, Johnny Bleas e o Núcleo da Montanha, será lançado em 2016! Aqui você encontra sinopse e capa.

Espero que tenham gostado, beijos e até a próxima.

Segue a gente no instagram: @paginasencenadas
Curte a nossa page no facebook? Link aqui ao lado!

4 comentários:

  1. Ahhh amei teu trabalho, esse livro parece ser realmente muito instigante! Parabéns ❤️❤️

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, flor! Sim, o livro é ótimo pra quem gosta de uma boa ficção! ❤️

      Excluir
  2. Só pela resenha também pesquei referências a Harry Potter e Alice. Também vi um pouco do Homem da Máscara de Ferro (ou O Visconde de Bragelonne, do Alexandre Dumas). Achei um pouco cômico o fato de ele escolher o ofício mais difícil de conseguir, porque deu a entender -- claro que de leve -- que ele prefere vagabundear por Asterium a ter que trabalhar como todo mundo (coisa que eu provavelmente faria no lugar dele, eheh). Você mencionou que a gente não se perde no caminho com pensamentos de "Opa, o que é isso?", mas nesse caso o autor deve ter sido brilhantemente sucinto para nos apresentar a um novo mundo enquanto desenrola a complexa trama de Johnny em pouco mais de 200 páginas. Precisarei ler o livro para saber. Ótima resenha, a propósito.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Primeiramente, obrigada Felipe. :3 Sim, ao contrário de outras histórias em que lemos uma coisa no início e passamos a história inteira sem saber do que se trata para só descobrir no final, em Johnny Bleas, o autor faz questão de explicar o passo à passo, o significado ou caracterização é imediata. Creio que facilita a história, mas perde um pouco o mistério.

      Excluir

Copyright © 2015 | Design e Código: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal • voltar ao topo