25 de março de 2016

[Resenha] "Manipuladores do Tempo", Júlio Nascimento

Título: "Manipuladores do Tempo" 
Coleção: --------
Autor: Júlio Nascimento
Editora: Chiado
Páginas: 100
Gênero: Ficção Científica
Lançamento: 2015
Edição: 
ISBN: 9789895144167



Nota: 3/5




Sinopse:
"O fascínio em poder ir para trás e para frente no tempo é um sonho antigo dos homens, desde as primeiras civilizações. Podemos vislumbrar o assunto incorporado nas antigas mitologias. Ainda hoje, a matéria é discutida, permeando a cultura ficcionista e até o meio científico. Uma das possibilidades de poder viajar no tempo nasceu da Teoria da Relatividade do cientista Albert Einstein. Nela, ele denomina o espaço-tempo como uma entidade geométrica unificada, que, através dos buracos de minhoca – espécie de túneis − no Universo, seria possível atravessar e chegar a tempos e dimensões diferentes.  
No livro, MANIPULADORES DO TEMPO, você vai se aventurar numa história fantástica, que envolve romance, aventura e viagem no tempo. A narrativa discorre sobre a existência de uma organização denominada Temporalidade, que controla o tempo, mudando o curso da história humana em prol de uma civilização melhor. Adam Smith é um membro dessa organização. Ele viola uma regra da Temporalidade, apaixona-se por Érika Thompson. Com medo de ser descoberto, o nosso protagonista decide abandonar tudo para viver ao lado da amada. No entanto, Érika o trai, abandonando-o no primitivo século 20. Dessa desilusão amorosa surge a missão mais importante de Smith que é, além de defender a permanência da Temporalidade, defender a existência humana, lutando contra forças alienígenas e nazistas envolvidas na Segunda Grande Guerra Mundial."
Enredo:

Manipuladores do Tempo conta a história de uma empresa chamada Temporalidade, mais especificamente de Adam Smith, um de seus trabalhadores. Ele infringe a regra número um da empresa: Nunca se apaixonar. Érika Thompson é quem o faz quebrar essa regra, e eles criam um plano para irem viver em um século primitivo, sem os olhares da Temporalidade para os julgarem. 

Mas tudo começa a dar errado. Quando chegam ao século XX, Érika diz á Adam que não é quem ele pensa, admitindo ser uma alienígena da raça ciberniana que em um futuro distante tem uma guerra com os humanos e ela voltou no tempo para impedir a destruição da sua raça. E assim, abandona Smith em um século totalmente diferente.

Ele então corre contra o tempo para tentar salvar a Temporalidade e toda a raça humana... E tentar entender o que se passa na cabeça de Érika. 

Opinião da Leitora:

Bom, eu acho que essa é a resenha mais curta que já fiz, até porque o livro tem apenas cem páginas. Em minha opinião o autor teria história para pelo menos uma duologia, poderia ter explorado muito mais, ter dado vários caminhos para história, porque sim, é uma história boa, envolve ficção científica, com ficção fantástica e ficção histórica, é incrível! Então poderia ter sido feito algo bem mais extenso, mas mesmo assim não se tornaria uma leitura maçante. 

A escrita do autor é peculiar nos tempos atuais, muito formal e concisa, gostei bastante. Os personagens são únicos, claro que todo romance e ficção científica tem clichês, mas ele soube trabalhar isso. 

É uma leitura muito rápida, e isso me deixou um pouco frustrada, mas a história valeu a pena. 

Espero que tenham gostado, beijos e até a próxima!
Nos acompanhem pelas redes sociais! :3

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Copyright © 2015 | Design e Código: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal • voltar ao topo