28 de junho de 2017

[Especial Orgulho LGBTQ+] As muitas cores de David Levithan

Olá, queridos! Tudo bem? Dia 28 de junho é celebrado o Dia Internacional do Orgulho LGBT, e o Circo Literário não poderia deixar de falar desse dia tão especial. Em honra à data, não faremos uma resenha convencional, mas falaremos sobre a contribuição à comunidade LGBT+ deste autor incrível que é o David Levithan, que procura abordar em suas obras todas as cores do arco-íris.
Em época tão escassa de uma literatura que aborde essa temática, Levithan veio com uma delicadeza em seus trabalhos, que dificilmente você não se identifica com algum personagem. Por isso eu separei as três obras mais importantes do autor para o tema.



Em 2003, foi publicada sua primeira obra, Boy meets boy (Garoto Encontra Garoto), que tem como pano de fundo esta escola nada convencional, onde líderes de torcida fogem do comum e fazem apresentações em cima de motos Harley, o quarteback do time futebol na verdade é uma transexual chamada Infinite Darlene (rainha do baile também, né queridos). Mas como em todo romance, precisamos do casal fofo, afinal nossa sobrevivência depende de shipps. Paul conhece Noah, eles se apaixonam, Paul encontra o cara dos seus sonhos, mas estraga a possibilidade deles ficarem juntos de uma forma gigante, e é a partir desse momento que começa a jornada de Paul na tentativa de reconquistar Noah. Com personagens mega cativantes, essa obra fala de conquista, intolerância, relacionamentos, amizade e principalmente do amor em todas as suas formas.
A segunda obra escolhida é de longe a mais tocante de todas. Intitulada Every Day (Todo Dia, 2012), conta a história de “A”, esse ser que desconhece seu gênero: a única coisa que “A” tem certeza é de que a cada 24 horas vai acordar em um corpo diferente, com hábitos diferentes e personalidade diferente; não bastasse, ainda precisa se adaptar à realidade de seu hospedeiro. Mas ao acordar no corpo de Justin e conhecer Rhiannon, sua namorada, todas as regras aplicadas durante sua vida são quebradas: agora “A” tem um motivo pra ficar pra sempre naquele corpo, alguém com quem viver dia após dia, mas será que Rhiannon conseguirá entender a condição de “A”? Ou até mesmo acreditar? Enfrentando qualquer obstáculo, ambos lutarão para viver esse amor a cada 24 horas.
De uma forma bem sutil, esse livro aborda a transexualidade, a falta de identificação com o próprio corpo, a sensação de não pertencimento, um sofrimento vivido por muitos transgêneros e transexuais. Além de uma história romântica, é uma súplica de entendimento, e principalmente de respeito. Afinal, as pessoas não devem ser reduzidas às suas cascas físicas, quem elas realmente são por dentro é o que importa.
Por último, mas não menos importante, falaremos sobre o trabalho mais recente dele, Two Boys Kissing (Dois garotos se beijando, 2013), um título pouco chamativo, mas com uma atmosfera que vai além do nome. O narrador, supostamente um homem gay que já morreu, conta como viveu o auge da homossexualidade, a epidemia de AIDS, o preconceito escancarado. A história é protagonizada por um leque de personagens, incluindo dois garotos que querem quebrar o recorde do beijo mais longo da história, menino transgênero que anseia pela aceitação de um possível amor, um casal que está vivendo a plenitude do que é amar e pelo garoto que usa da internet e apps de pegação pra preencher um vazio emocional. Conduzindo o encontro dessas histórias paralelas, o livro é sobre barreiras a serem quebradas.


Este texto é uma forma de celebração a este dia tão especial, sei que faltaram algumas letras a serem acrescentadas, afinal a sigla é LGBT+; poderia citar mais obras, mais personagens, mas fica pra uma próxima. Vale ressaltar o carinho imenso que eu tenho por esse autor: foi num momento de falta de identificação comigo mesmo que me peguei lendo esses livros e me identificando com vários personagens, me sentindo de alguma forma pleno, e tendo certeza que eu sou perfeito do jeitinho que eu sou. Assim como vocês são. E não se esqueçam: BE YOU, BE LOUD, BE PROUD. 💗


Por hoje é isso gente, nos acompanhem pelas redes sociais, beijos e até a próxima! 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Copyright © 2015 | Design e Código: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal • voltar ao topo